domingo, 24 de janeiro de 2010

Alcance


"Porque insiste a tua criança em alcançar fora
aquilo que reside dentro de ti?"

Esta foto que tirei, em tempos, a um dos meus filhos, convida, certamente, a falarmos um pouco aqui sobre as crianças índigo, cuja aura é azul, crianças que vieram revolucionar o mundo e desafiar os sistemas implementados… seguindo-se, depois, as cristais, as douradas, as prateadas,…

Mas não, não acho que seja relevante abordar este tema, porque, apesar de ter servido para entender melhor certas características das crianças de hoje em dia (até de vários adultos), e até fazer mudar alguma coisa nos seres humanos, também serviu para colocar muitas crianças em pedestais, fruto do ego dos seus pais, que acham lindo ter um filho índigo, como se isso trouxesse algum tipo de status! Isto em nada ajuda na missão que elas trazem ao mundo, nem tão pouco na expansão da consciência dos seus progenitores.

Não importa se a criança é índigo, cristal, prateada… O que importa é que ela é UMA CRIANÇA, UMA NOVA CRIANÇA, UMA NOVA CRIANÇA que traz, certamente, a SEMENTE DA MUDANÇAUMA NOVA CRIANÇA que deve ser acarinhada, compreendida, aceite, educada pelos pais, dentro do mais puro Amor… e do diálogo, e não depositada horas e horas a fio dentro de uma escola e a dedicar-se a inúmeras actividades extra-curriculares…

Compreendo e respeito que, por vezes, e de acordo com a estrutura de vida que cada um escolheu e construiu para si, nem sempre é fácil passar mais tempo com as crianças, mas, às vezes, aquele jantar que combinámos com amigos no fim-de-semana, pode muito bem ser substituído por um aconchegante jantar lá em casa, em família, seguido dum jogo de tabuleiro. Um passeio com as crianças por entre a magia que a natureza nos oferece, é bem mais agradável do que ir para a confusão do centro comercial ver montras.

Todas essas crianças trazem um enorme «potencial» de transformação/transmutação da Terra e da sociedade que temos presentemente. Mas é preciso que esse «potencial» não lhes seja «aprisionado» mal «atravessem» o véu e cheguem à Terra… o que acontece, infelizmente, com uma grande parte delas, se bem que, quero acredito, em menor número, presentemente. No entanto, a alimentação industrializada consumida actualmente, os «bichinhos» tecnológicos, e não só, incutidos pela sociedade nas cabecinhas jovens, a roda gigante de stress e agitação onde estas crianças se movimentam no seu dia-a-dia, tudo isto lhes transmite uma enorme onda energética negativa, a tal ponto que graves e irreversíveis danos poder-se-ão verificar na sua mais genuína constituição e na missão que as trouxe à Terra.

E quando falo das NOVAS CRIANÇAS, refiro-me, também, àquela que todos nós continuamos a albergar mal atravessamos a meta da infância! Essa - a NOSSA CRIANÇA INTERIOR - também precisa de libertação, de diálogo, de melhores hábitos a todos os níveis, de carinho, compreensão, aceitação e, acima de tudo, de uma educação coerente que seja proporcional ao aumento do nosso grau de consciência. Essa criança que vive em nós, também ela, carrega a SEMENTE DA MUDANÇA, porque tudo está dentro de nós e nas nossas mãos… independentemente da cor que possamos ter a contornar-nos.
Dirige para dentro de ti o teu «Alcance»
Beijinhos de Amor e Luz, salpicados de Harmonia,
Angel of Light
(Ritinha)

foto minha
p.s.: A partir deste post, já não há, novamente, comentários abertos. Quem desejar partilhar algo, poderá sempre fazê-lo através do meu e-mail que encontra facilmente no lado direito. Tentarei ser breve na resposta. Muito obrigada pela compreensão.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...