sexta-feira, 5 de junho de 2009

Os Três Passos Mágicos!

(Foto de Angel of Light)

“Então, as três (estrelas) Azuis deslizaram para o interior da gruta e o que viram foi

crianças,
muitas crianças
de todas as raças,
de todas as idades,

com um brilho
extraordinário nos olhos.

- Viemos de todos os cantos da Terra. Alguns já não temos pai nem mãe, outros temos mas é como se não tivéssemos – disse uma delas.
- Ora essa?! Têm ou não têm? – perguntou a estrela Azul-Escutar.
- Temos, mas eles falam connosco e não dizem nada, olham para nós, mas na verdade não nos vêem. Nunca têm tempo para nos dar atenção e perceber o que se passa à volta. Correm, correm a toda a hora.
- Amigos! – disse a estrela Azul-Sentir. – Estamos aqui para vos ajudar na difícil tarefa de acordar adultos hipnotizados e de lhes ensinar os três passos mágicos!
- Três passos mágicos? – perguntaram as crianças.
- OLHAR, ESCUTAR, SENTIR, como fala o coração, mais vale não te iludires, porque ele tem sempre razão – disseram as três estrelas Azuis em coro.”

(Excerto do livro “O Povo-Luz e os Homens-Sombra – O Planeta Adormecido” de Ana Zanatti.)

Quem me conhece, sabe bem o quanto eu gosto de literatura infantil e de tudo o que esteja relacionado com as crianças... não tivesse eu em casa três lindas crianças (... de um novo mundo...) e não fosse eu também uma criança.

Mas ainda são muitos os adultos que continuam a achar que não são mais crianças. Como diz bem o excerto que coloquei aqui (de um dos livros da fantástica trilogia infantil de “O Povo-Luz e os Homens-Sombra”), os adultos andam hipnotizados! O corpo físico cresceu... e, uma vez adultos, perdem a noção de que, dentro do seu coração, continua a habitar uma criança... a sua Criança Interior, que guarda, com muito carinho, tudo o que é essencial para se viver repleto de Alegria – rir, brincar, pular, divertir...

Excluindo outras razões, o facto de crescermos numa sociedade onde temos de aprender o que é ou não é bonito, ou o que é ou não é correcto de se fazer, em muito contribui para que aquela nossa parte pura, inocente, natural, criativa, repleta de Amor Incondicional, fique em recolhimento quando atingimos a fase adulta. Não pode ser mostrada... Não fica bem... Os adultos têm que se comportar como adultos... E isso faz com que vivamos tristes, oprimidos, carregados de “pesos”, cheios de medo de isto ou daquilo,... caminhando distanciados do nosso Ser, em puro silêncio...

Toda esta situação poder-se-á inverter a partir do momento em que resolvermos resgatar a nossa Criança Interior. Como? Libertando-nos de tudo aquilo que não nos proporciona Alegria - padrões de comportamento menos bons, pensamentos negativos, problemas familiares, no trabalho, entre muitos outros factores. Não é fácil e, por vezes até pode ser doloroso. Enfrentarmos os nossos medos, culpas, bloqueios, dores... não é pêra doce! Mas...

A partir do momento em que nos comprometemos a fazer renascer a linda Criança que habita em nós, novos horizontes elevar-se-ão. Aos poucos o “nosso” céu deixará de estar nublado... até se transformar num lindo dia de céu azul cristalino... E uma mão estender-se-á para nós... a mão da nossa Criança Interior que nos levará por um magnífico arco-íris até ao pote de ouro – o âmago do nosso Ser, onde passaremos a viver em perfeita união com ela... como um só.
(Ilustração de Sara Teixeira)
Quando esse dia chegar, não teremos mais vergonha de subir às árvores, de andar de baloiço, de construir lindos castelos de areia na praia e de expressar todo o Amor e Luz de que somos feitos... porque passaremos a OLHAR, ESCUTAR e SENTIR o nosso coração!

Angel of Light

A trilogia de “O Povo-Luz e os Homens-Sombra”, são três fantásticos livros da escritora Ana Zanatti, Publicações Dom Quixote. Quando saiu o primeiro livro em Maio de 2006 (“O Povo-Luz e os Homens-Sombra – O Segredo da Romã”), ficámos todos cá em casa tão encantados com a sua mensagem, que desejámos muito que Maio 2007 chegasse depressa para adquirirmos o segundo (“O Povo-Luz e os Homens-Sombra – O Planeta Adormecido”). Escusado será dizer que, quando comprámos o segundo, o terceiro (“O Povo-Luz e os Homens-Sombra – A Grande Travessia) já era uma necessidade, que se veio a satisfazer em Maio 2008. Apesar de se poderem ler em separado, a conjugação dos três é deliciosa. Se quiserem conhecer um pouco mais sobre esta trilogia, sigam por aqui. Libertem a vossa Criança Interior e dêem-lhe o prazer de viajar por entre o mundo da literatura infantil.
Conheçam o mundo mágico de Sara Teixeira no "Sara na Lua" , uma querida irmã de Luz que (re)conheci e (re)encontrei há pouco tempo... uma puríssima alma que ilustra sonhos e mundos interiores. Obrigada por me teres permitido incluir uma das tuas lindas ilustrações neste post. Beijinhos de Amor e Luz no teu lindo coração.

42 comentários:

Chica disse...

Lindo! Nossa criança interior pode estar sempre ao nosso lado...Ela nos ajuda a ser mais leves, putos e alegres...beijos,chica

CarlaSofia disse...

Querida irmã,
o teu texto diz o essencial, façamos despertar a criança que habita dentro de nós, pois somos todos filhos que precisam de Amor. Fazer crescer os nossos sonhos e plantar sementes de magia por onde passamos. Porque é que a vida tem de ser séria e triste? Porque a vida tem de ser descuidada? A diferença está na atitude. A pureza do olhar e a inocência das crianças, os seus sonhos são a energia mais sincera que pode fluir... são a atitude que nunca devíamos ter perdido e que agora temos de recuperar...
beijinhos e um abraço apertadinho...
da tua mana

frAgMenTUS disse...

kida Rita/AnjoLuz, adoro vir até aqui...as fotos e as imagens envolvem-me sempre em sorriso, acolhedor e introspectivo. Hei-de ler o q propões...será especialmente bom para a Gu, para que toda a alegria lhe retire, ou abrande, a amargura...Bjs luz e paz

Sara T. disse...

Sem ela a nossa criança interior não ascendemos, não nos religamos à fonte, não somos, ela é a essência pura do Amor. Somos nós pura alegria! Obrigada :)*
Bjos de sol

Sereia* disse...

Querida Angel,

desta vez, não vou embora daqui sem deixar umas gotinhas :)
Quero muito agradecer a tua sugestão de leitura. Não conhecia e, por isso, é muito valiosa para mim.
Eu tenho a felicidade de gostar de ler livros infantis e de gostar de ver ilustrações infantis. Recorro eles várias vezes, gosto de voltar a ler e tenho alguns (embora não tenha pequenada cá em casa e a mais pequena seja eu mesma ;))

Podes crer que vou procurar os 3 livros de que falas.

OLhar, escutar e sentir... eu queria ser só isso. Só.
:)

O Watsu está a chegar, depois de uma espera longa. Começo a animar e finalmente caminho mais perto da minha essência e da minha Paz. É já na 3ª feira que regresso a outras águas, Amiga. E, quando lá chegar, vou estar contigo e com todas as partículas do Universo, nos meus braços. Vou ser Universo convosco.

Beijos enormes de luz. Assim a piscar de azuis e violetas, verdes e brancos. Ah e rosa*

Je Vois la Vie en Vert disse...

Olá querida Angel,

Se calhar é por sentir a criança que vive ainda em mim que "Vejo a vida em Verde"...

Tinha saudades de passar por aqui !

Muitos beijinhos para ti e para toda a tua família

Verdinha

Hanah disse...

Querida Angel,
lindos fragmentos que partilhas conosco.
você é uma alma encantada, e dizem que quando estamos perto das crianças, os anjos se aproximam mais facilmente.



bjinhos

Hanah disse...

Querida Angel,
lindos fragmentos que partilhas conosco.
você é uma alma encantada, e dizem que quando estamos perto das crianças, os anjos se aproximam mais facilmente.



bjinhos

EVELIZE SALGADO disse...

Vim agradecer a visita e te dar as boas vindas e fiquei imensamente feliz em encontrar uma doce e eterna criança a quem terei o prazer de acompanhar.

Permitir a manifestação de nosso EU crinaça eterna, é mais um passo certo em nossa caminhada.

Paz e Luz!!!!
Bjinhosssssssssssss

Maria Clarinda disse...

Um post SOBERBO, Anjinho da Luz!!!
Palavras tenho muitas mas...não as consigo colocar cá fora...tu conheces-me...tu sabes...tudo o que fui, sou e sempre serei!
Tive a felicidade de me teres emprestado os livros quando os adquiriste,e, nunca os esquecerei.
Obrigada mais uma vez, por este post maravilhoso e por me dares a conhecer a Sara Teixeira, cujos trabalhos adorei.
Jinhos muitos

Laura disse...

Crianças dentro de cada adulto
Difícil de imaginar
Se todos crescemos
E de ser crianças
Nos esquecemos!...

Mas, quando chega alguma delas
Ao nosso lar
Depressa esquecemos quem somos
E em crianças, de novo
Nos queremos transformar !...

E foi assim
Que me tornei criança
Até aos dias de hoje
Porque alberguei em mim
Dois seres de Luz !...

Que andem por perto ou longe
Ficaram no meu coração
Levaram a chave de mim
E andam comigo
pela mão!...

Beijinhos de Amor, sempre, de Paz, idem, e a Luz que entre nos corações de todos...laura.
(e que lindo trio ali vai, na maior das esperanças para os três!)

Essencialma disse...

Adorei...este post...não conhecia esses textos de Ana Zanatti...muito lindo mesmo...vamos alimentar a nossa criança interior!

Essencialma disse...

Ah...esqueci-me...a imagem é linda, linda...

Nuno de Sousa disse...

Quem não tem um criança dentro de si é uma pessoa triste, eu adoro sentir isso e me sentir criançaem alguns momentos saber brincar rir, aprender etc... E que belo exemplo disso mesmo neste texto maravilhoso e eblo que deve ser lido por todos... gostei imenso e a foto, está deliciosa.
Parabéns amiga,
Bjs
Nuno

Thiago disse...

Gostei muito de voltar aqui maninha e encontrar esta chamada de atenção para não deixarmos morrer a criança interior que existe dentro de nós!!

Um beijo muito grande com carinho e saudades

Cöllyßry disse...

Olá querida como vais?

As crianças são bênçãos de DEUS...

Lindo post


|)’’()
| Ö,)
|),”
|Terno beijo

Violeta disse...

Mais uma vez obrigada querida Angel.
Um beijo e que continues assim.

Ser o Ser que Se É disse...

Olá Ritinha...
Só vim deixar um beijinho de paz no teu coração...
A missão tento tê-la sempre presente, o ego é que a tenta manter no passado e no futuro...

Namasté...

Magnésia disse...

Olá Rita =)

Que saudades!!!
Acabei agora de ler o comentário que deixaste lá no abrigo e só posso dizer que concordo contigo. Relativamente ao post que aqui colocas, sinto necessidade de agradecer o teu contributo nesta magnifica caminhada.

Não esqueci o café! Para quando?
Beijinhos para todos
Estou muito contente por saber que as borboletas são douradas =)

Kleine

Serenidade disse...

Querida amiga e irmã de luz... são 31 primaveras.... por mais incrivel que pareça, ou não! a minha crinaç interior tem-se expressado mais e mais. Mais do que aundo tinha 20 anos ou 25 anos.... o que é muito muito bom:)

Obrigada por tudo.

Serenos sorrisos

Laura disse...

É tão lindo ver os pais a encaminhar os filhos, desde pequenitos, para a natureza, a vida no seu esplendor máximo..adoro, adoro e repito, nem sabe so bem que fazes com isso...as energias estão todas lá, lá na floresta encantada do nosso SER!...
Beijinhos.

Isabel José António disse...

Querida Irmã de Luz Rita,

Quando eu queria OLHAR
Alguém me disse Não Olhes
Quando me propunha ESCUTAR
Disseram: Ainda te tolhes

Quando pretendia SENTIR
Já estava condicionado
Restou-me apenas intuir
Tudo o que era sagrado

Queria muito encontrar
O sentido inteiro da Vida
Queria poder partilhar
Toda a alegria sentida

E tudo senti interiormente
Abriu-se o Universo inteiro
Porque o coração não mente
Neste meu interno canteiro

E um novo olhar começou
Que me empurrava para VER
A criança então despontou
Para dar atenção ao SER

Sentiu-se todo o Universo
Na intensidade do olhar
Tudo o que era preverso
Deixou de me importunar

Era já um outro patamar
Era uma outra e nova visão
Uma nova forma de estar
Com base no meu coração

Um grande abraço para si e marido e beijinhos para os seres do novo mundo.

José António

gaivota disse...

a eterna criança em cada um, sempre a contemplar e bem, nestas belas palavras e imagens
beijinhos

Paula Raposo disse...

Um belíssimo post! Não li esses livros, obrigada pela partilha. Libertar o coração e deixar ser a criança que ainda temos cá dentro. Beijinhos.

Luis F disse...

Amiga, sabe bem sentir a luz da tua alma e a energia positiva que por aqui habita...

Com amizade

Bj
Luis

Roderick disse...

Acho que nunca deixarei de ter a minha criança interior bem viva!!!
Beijocas

Vivian disse...

...magnífico texto.

linda amiga,

a criança que mora em mim
deixa beijos à criança
que mora em tí.

namastê!

Vivian disse...

...magnífico texto.

linda amiga,

a criança que mora em mim
deixa beijos à criança
que mora em tí.

namastê!

Onda Encantada disse...

Ahhh!!!! Soubessemos todos o que é o prazer de ter a nossa criança interior activa, nos adultos que somos hoje e certamente o mundo seria muito melhor!

Angel, eu adoro brincar, correr, dançar, saltar, trepar às arvores e fazer as coisas que as crianças também gostam... e por vezes dou com os adultos (os outros) a olharem para mim, com aquele olhar crítico a pensar como é possivel um adulto estar a fazer aquelas coisas... e sabes o que amo fazer nessas alturas? hum... convidá-los a participar! :)

Lá em casa também "devorámos" a trilogia da Ana Zanatti... simplesmente fabuloso!

Beijinhos sorridentes de criança feliz! :)

Onda Encantada

Maripa disse...

Olá,querida Angel!

Que bom foi sentir-te perto de mim com todas as tuas luzinhas piscando,minha doce.De coração te agradeço.

Se todos fôssem e agissem como tu,teriamos um mundo lindo! É preciso não deixar morrer a criança que existe em cada um de nós.Tu sim,és uma guerreira de Luz!

Beijinho grande,minha doce.

Laura disse...

Olá nina Ritinha, semrpe que olho essa foto e vejo três Anjos pela mão, fico a pensar se serão realmente Anjos...ou não...mas, penso que sim, são pois, nota-se na postura, na luz, na harmonia...Enfim.Haja sempre a alegria em seu redor, e andem sempre pela vida de mão na mão!...Unidos todos pelo mesmo amor...beijinho da laura.

Marta disse...

Olá!!!

Por apreciar tanto o seu blog, ofereço-lhe o Selo "Blog Dourado".

confira aqui:
http://academiapartilhadoser.blogspot.com/2009/06/selo-blog-dourado.html

bjs de luz!!!
Marta

O Árabe disse...

Bela escolha... e belo texto! :) Boa semana, amiga.

guntty disse...

Grato pela passagem lá no blog =D

É tão simples ser criança e transpirar todas essas coisas boas, puras, alegres e surpreendentes. E no entanto continuamos a abraçar o complexo, a construir paredes e tectos.

Como é bom transpirar em cada gota do nosso suor essa criança linda que é cada um de nós. =)

Beijinho ao sabor do vento
g.

Lucília Ramos disse...

Muita linda homenagem à Criança que temos em nós... ou fora de nós... ou perto de nós... (Acho que as tenho todas em mim...!?)

Beijo amoroso nas tuas ctianças todas.
Lucy

Multiolhares disse...

Como tens razão, não devíamos nunca abandonar a criança vivente em nós, assusta-me muito como vão ser as crianças de amanhã da forma como são educadas,a forma como estão solitárias, quase já não sabem brincar, passam o tempo agarradas aos Pc, não aprendem a partilhar, enfim temos de reaprender a ser crianças urgentemente

Namastê

Laura disse...

Ritinha, vim apenas dizer que gostaria muito que lesses a minha prosa de hoje..
Um beijinho, abraços sem fim, para todos, incluindo esses ninos lindos, cheios de luz, mesmo pelas costas!...ador-vos. Laura.

Starseed disse...

A criança interior é o que mais precioso temos... sem ela não há aumento de consciência, nem evolução... nem aventura, nem alegria! Fico feliz por ver-te diáriamente cada vez mais alegre,uma autêntica criança a correr maravilhada atrás de borboletas!

Beijinhos,

Starseed

Mariz disse...

Querida Ritinha
Saibas que já estive aqui po 3 vezes e não consegui que o comentário entrasse. Vamos ver se é desta.

Quando vi os 3 agarradnhos, de costas todos de azul..sorri.!!..e só me apeteceu entrar pela foto e pegar-lhes ao colo e dar-lhes mil beijocas!

E claro está estavam a andar na nossa estrada encantada, não foi?!

Grata pelos comentários lá. mas penso que saibas a razão de não vir logo aqui. - Estive doente e a net está cada vez pior...emora destas 3 vezes eu tentasse.

Este post é muito bem conseguido por: terno amoroo, infantil, genuíno!
Se não me revisse nele...não me comovia.
Quero-te muito BEM querida como a essa família linda.
Deixo o meu Amor para todos
Sempre..
Maiz

Mau Feitio disse...

Querida Angel,
é sempre uma inspiração vir aqui.

deixei-te uma receitinha rápida lá no canto. :D

espero que gostes!

keep going! it's a lovely energy that you share!
Love you!

Goldfinger disse...

Querida amiga


Talvez por eu deixar sair de dentro de mim a criança que sempre fui, é que muitos não me levam a sério.
É difícil fazer ver aos outros que a nossa postura é mesmo assim.
Mesmo assim eu sinto-me bem comigo mesmo e acho que encaro o dia a dia com mais coragem.
Um grande abraço

Goldfinger

moonlight song disse...

Querida querida Amiga Ritinha :)
amei a foto. As palavras também me tocam, mas a foto!!!!
Tão queridos os teus pimpolhos,de costas na foto, mas sinto-os de braços abertos no coração. Esta tua amiga envia muitos beijinhos para eles. Tenho imensas saudades da nossa troca de correspondência, sinto a tua falta, mesmo estando comigo. Sei k no fundo, entendes. Se puderes, dá notícias por mail... como vão todos e as férias de Verão?
Estive de férias e voltei na 2ª feira.
Esta menina envia-te abraços apertados, beijinhos e dou-te a mão, amiga... melhor dizendo, nunca a larguei.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...