sábado, 26 de abril de 2008

Perdoar...


(Fotografia de Angel of Light)

Abrir o nosso coração ao perdão não é tarefa nada fácil. Quantos de nós já não dissemos que não desculpávamos, o que certa pessoa nos fez passar, porque foi horrível, porque é imperdoável, blá, blá, blá…? Muitas vezes… Pois é, são muitas as vezes que, para perdoarmos alguém que tenha feito algo que nos feriu, é quase um acto sagrado!

No entanto, o acto de perdoar permite que o nosso caminho se abra de uma forma positiva, possibilitando-nos o árduo, mas compensador trabalho de colocar de lado determinados sentimentos que só nos fazem mal, tal como o ódio, rancor, …

Comecemos por perceber porque é que certa pessoa agiu daquela forma. Depois, tentamos compreendê-la, pois ela só agiu da forma que estava preparada para agir naquele momento. Procedeu de acordo com o seu grau de consciência e isso nunca poderá ser condenado! Só pode ser compreendido e aceite com muito Amor. E, a seguir, só nos resta continuar a lidar com essa pessoa da mesma forma que fazíamos antes do que aconteceu. Tudo isto parece fácil… mas não é! É preciso fazer um trabalho interior muito intensivo.

Mas, atenção, quando digo que só nos resta lidar da mesma forma com quem nos magoou, não implica que continuemos a dar-nos com essa pessoa! Nada disso!! Se assim não o desejarmos, ninguém nos obriga a conviver com essa pessoa, nem tão pouco com determinada situação. Há sempre solução, há sempre alternativas, por mais difíceis que sejam de aplicar, elas existem! Temos de procurá-las dentro de nós! Devemos, somente, amar a pessoa e a situação que nos magoou… aceitar, compreender, admitir… e perdoar!

Mas perdoar não significa só desculpar o outro! Perdoar implica perdoarmo-nos a nós próprios também. E isto acontece quando ficamos com uma mágoa dentro de nós, mesmo depois de termos desculpado o outro. A isso chama-se auto-perdão! Quando nos magoam, já não é possível modificar o que foi feito, mas é sempre possível mudar a forma como nos vamos sentir. Tudo depende de nós! O auto-perdão permite desculpar o nosso ser, por nos estarmos a sentir daquela forma. ”O auto-perdão representa a aceitação incondicional de nós próprios. No auto-perdão, as outras pessoas não são envolvidas; diz respeito, exclusivamente, à forma como nos relacionámos com elas” (in, “O livro das respostas” de Vitorino de Sousa”).

O grande passo está em nos aceitarmos como somos, com incapacidades e defeitos, e perdoarmo-nos em cada momento. Tudo o que nos acontece de menos bom não é, de certeza, para nos prejudicar ou fazer mal. Nem pensem! Tudo o que nos acontece de menos bom deve ser encarado como oportunidades de aprendizagem… que nos fazem crescer e evoluir!

Resolvi escrever este pequeno (mas já longo…) texto, porque houve um lindo ser de luz deste mundo virtual que me magoou, durante esta semana, ao ter levado um pedacinho de mim sem me ter dito nada! Qual é a criança que não fica triste quando outra criança lhe tira o seu brinquedo sem pedir licença? Sei que não o fez por mal, pois acredito na honestidade das pessoas, e penso que até possa ter sido fruto de distracção. Mas o que me feriu foi a reacção dessa pessoa face ao meu descontentamento. Reagiu, a meu ver, não da melhor forma, mas aceitei. Só me restou compreendê-la, porque, tal como disse acima, esse ser de luz só agiu de acordo com o seu grau de consciência. Perdoei-lhe no mesmo instante, assim como me perdoei por ter sentido o que senti. Sou um ser humano e, como tal, para aprender a “curar-me” tenho de sentir a “ferida”.

Como acredito que este ser de luz é um ser cheio de Amor, Paz e Luz, continuarei a visitá-lo da mesma forma que o fazia dantes. Termino com uma mensagem para ele:

“Obrigada, lindo ser de luz, por me teres proporcionado mais uma situação de aprendizagem... Namaste!"

44 comentários:

kakauzinha disse...

Minha querida e doce Angel,

Já escrevi muito sobre perdoar e ser perdoado, é necessário para que prossigamos o nosso caminho. Umas vezes ficamos na vida de quem nos magoa, outras partimos, e o mesmo acontece do outro lado.

Também já dei a minha opinião acerca da veracidade do que é nosso. Basta pedirem-nos um pedacinho e nós damos, assim como assinalamos o que não nos pertence. É tão fácil, não é?

Deixo-te um beijinho grande no teu coração de Luz, esperando que não tenhas mais mágoas.*

poetaeusou . . . disse...

*
sigo, praticando,
estes tres sentimentos,
,
perdão,
gratidão,
tolerancia,
,
conchinhas de luz, deixo,
,
*

Maria Clarinda disse...

Este texto teu, my Angel of Ligth bateu em mim …não fez ricochete…pelo contrário envolveu-se no meu eu!
E na minha memória correram todas aquelas situações em que o Perdão teve que estar
acima de tudo aquilo, que eu algum dia julguei capaz de ultrapassar, e,…acredita não foram poucas….foram muitas mesmo.

E, sem saber o porquê sempre perdoei, nesse não saber o motivo, mas limpei muitos, muitos rancores, mesmo ouvindo palavras com”és uma parva, eu nunca mais falaria com essa pessoa” , “a mim não, a mim só me fazem uma vez, eu não sou um fantoche”,
“já vi serás sempre assim, todos te comem por tola”.
Achava sempre um motivo, dessa pessoa estaria a agir assim( mesmo ficando a sangrar por dentro), e a resposta dos outros eram gargalhadas.
Claro que não tinha a noção do “ auto perdão” esse , esse custa muito mais para mim, ainda terei que evoluir , aprender muito, até chegar lá facilmente…sei que será um trabalho árduo que terei de fazer, e, como dizes esse é para ser feito comigo mesmo.

Quanto ao ser lindo de luz que te fez estar perante uma aprendizagem…deveria sentir-se muito feliz por ter ela mesmo também ter tido oportunidade de lidar com o Ser Maravilhoso Que És!!!
Tenho muito, muito orgulho de ti!
Adoro-te!
Jinhos mil

A fotos está linda!!!!Essas mãozinhas…

Rosi Gouvea disse...

Assim lindo infante, que dorme tranqüilo,
Desperta a chorar;
E mudo e sisudo, cismando mil coisas,
Não pensa — a pensar.

*Gonçalves Dias*

E mais uma vez venho me encantar...

Bejos doces!

Bandys disse...

Oi minha querida,
"Imagino que para lidar com as diferenças entre nós e as outras pessoas, temos que aprender compaixão, autocontrole, piedade, perdão, simpatia e amor – virtudes sem as quais nem nós, nem o mundo, podemos sobreviver."
Tanto perdoar como ser perdoado são sentimentos nobres.
Beijos e um fds de muita paz.

Sou Morgana: disse...

Lindo texto! Obrigada pela visita!
Desejo um bom final de semana para você e todos os seus queridos! Beijos cintilantes da fada Morgana

Brisa da Manhã disse...

Eu comparo o perdão à uma faxina. Quando a gente perdoa, a gente faz uma faxina no coração. Joga fora tudo o que não serve mais e dá espaço para as coisas boas que virão. Você se supera a cada post! Belíssimo!!! Obrigada pela visita!Que seu domingo seja abençoado! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Multiolhares disse...

Estamos neste plano cósmico em aprendizado constante um dos caminhos que leva ao amor é o perdão, como dizes um dos passos muito importante mesmo é aceitarmos que temos muitos defeitos, coisa difícil para o nosso ego, mas é por aí sem duvida
beijinhos

lua prateada disse...

Não é fácil não mas é possivel se quisermos.E quão maravilhoso é quando esse sentimento invade nosso sêr perdoar é Divino mas O Divino nos criou para que como Ele perdoássemos...
Passei te desejando um fim de semana leve, suave, lindo, cheio de amor...desfruta dele!...
Beijinho prateado com carinho
SOL

Starseed disse...

Mesmo sabendo que n�o h� nada para perdoar, pois nunca fizemos nada de mal (1� porque o mal n�o existe e 2� porque demos a melhor resposta de acordo com o nosso grau de consci�ncia), o exerc�cio do perd�o e do auto-perd�o s�o important�ssimos na limpeza de todos os nossos corpos. Libertamo-nos assim de um grande peso. Ficamos mais leves... voamos mais alto!

Parab�ns mais uma vez pela tua capacidade de conjugar mensagens importantes com as tuas experi�ncias do dia-a-dia!

Beijinhos de Paz,

Starseed

1/4 de Fada disse...

Nem imagina como o seu texto me tocou! Durante muito tempo não consegui perdoar-me imensas coisas e isso tornou a minha vida muito mais difícil do que seria necessário. Foi - e continua a ser - uma aprendizagem dura, o saber perdoar-me. É, talvez, o primeiro passo para vivermos em paz, connosco e com os outros. Perdoar aos outros, acaba por ser, no meu caso, mais fácil, porque não guardo rancor, e quando a mágoa é grande demais, afasto-me.
Obrigada pelo texto.

Maripa disse...

Texto bonito o teu,querida Angel,mas nem outra coisa era de esperar...tens sempre tanto para nos ensinar!
O teu caminho é um caminho de Amor.
E "O amor é uma palavra de luz, escrita por uma mão de luz, sobre uma página de luz."(K.Gibran)

Terno beijinho pela tua ternura para comigo,querida.

Hanah disse...

Beijo Angel,

é bom colocar para fora os sentimentos, as vezes engolimos e isso nos faz mal...

sempre uma luz ler os seus posts...

Beijo Amada...

bom domingo para ti...

© efeneto disse...

A capacidade de perdoar é um dos sentimentos mais nobres.

Belo texto e bela atitude... outra coisa não seria de esperar de quem uma sensibilidade de fada (filha).

Um beijito de um duende vagabundo...
O outro está sorrindo para mim (catita)...

Sol da meia noite disse...

Aqui cheguei e senti-me bem ao ler este texto.
Porque ninguém é perfeito, porque todos estamos sujeitos a errar, devemos tirar ensinamentos destas situações menos boas.
Este seu texto, é sem dúvida um ensinamento adquirido. É de louvar!

Também muito recentemente passei por uma situação similar à sua. Apenas me afastei da pessoa em causa, não guardando mágoa alguma. Nada fácil este procedimento; em mim também fruto de ensinamentos tirados de outras situações.
Há sempre uma saida que nos permite continuar de bem com a vida. E que não é de certeza pagando o mal com mal. Mas sim travando o percurso da bola de neve que o mal desencadeia.

Gostava que visitasse o meu cantinho.
Deixo convite via e-mail.

Um beijinho

FM disse...

É no perdoar que está a nossa principal aprendizagem, enquanto seres...
Não estaremos aqui a aprender a perdoar para podermos ser perdoados?
Beijos com Luz.
(quando puderes tira as letras da verificação de palavras)

Pena disse...

Oh, doce Amiga de luz:
Sabe, ninguém é perfeito, nem pode exigir que a perfeição existe.
Está magoada com alguém?
As pessoas têm vidas diferentes, compromissos que vivem e sentem, mas sem a iniquidade que pode magoar ou ferir.
Talvez, estejam doentes, plenos de necessidades de descanso fruto da vida, precisarmos de momentos para nós próprios, mas não embevidos em pensares rancorosos ou desprovidos de sentimentos com os seus semelhantes.
Acredito na Humanidade e nos Seres que maravilhosamente vivem e nem sempre podem expressar um carinho, um gesto amigo, uma conduta adequada ao instante.
Alguém a feriu, mas acredite, eu acredito, que não foi intencionalmente ou por desprezo que não existe nas pessoas de bem. Estou convicto disso e é isso que dá valor à vida.
As facilidades não são inúmeras, nem estão sempre aliadas nos propósitos ou intenções imediatas que necessitamos. Temos um vida. A nossa vida preciosa e tentamos difundir amor e carinho por tudo o que é lado, mas as adversidades são tantas.
Se alguém a feriu procure as razões destes actos, destas atrocidades se foram violentas, descubra o que há no interir dele(a).
Um sensível Post redigido com um sentimento puro, que é o seu.
Beijinhos de amizade e inequívoca estima e respeito.
Sempre a admirá-la

pena

HumbertotheWizard disse...

Acho que não haveria pensamento mais completo e lúcido, que elucidasse ácerca da virtude do perdão, uma vez que ele bem demonstra que este acto tão esquecido nos dias de hoje, face ao individualismo reinante, no qual as pessoas perderam a generosidade de esquecer, mas obtiveram o tempo para odiar e entregarem-se ao corrosivo rancor.

Contudo, é preciso compreender a fraqueza humana, já que quem transgride e prejudica outrém, deve na mesma moeda compensar a sua vitima, dos estragos causados.

É muito idilico e até romântico afirmar de boca um pretenso arrependimento, quando ele é essencialmente um acto de reposição de um bem anterior, estragado por uma má intenção, e após essa, fica merecido a entrega da tal confiança outrora perdida, em mais uma oportunidade.

Digo isto, porque para uma mente inferior a generosidade da vitima em estender-lhe a sua mão, pode representar um acto de fraqueza, e assim, aquilo que se pretendia por uma acção de reconciliação resulta numa ignominiosa crueldade. Mais uma. Angel, muitas felicidades para ti.

jasmimdomeuquintal disse...

Que bom, fico feliz por ti; mas ambas sabemos como por vezes é dificil chegar a este estado. De toda a minha evolução espiritual, o que mais gosto é de ter desenvolvido esta aptidão para o perdão e por isso sou muito grata.
bjocas e fic abem.

Brisa da Manhã disse...

Nós duas somos seres de luz e foi justamente a luminosidade que nos atraiu! Beijos sempre suaves da Brisa da Manhã!

O Urso disse...

E a vida prossegue. Boa semana.

Abraço.

Serenidade disse...

Amiga querida, querida ser de luz, não tive oportunidade de ler o teu texto todo, mas o que li verifiquei que é de muita qualidade, e a mensagem que deixas para o ser de luz divina, tal como és. Vinha à tua casinha apenas para te desejar uma boa semana, já que cheguei de uma longa viagem até ao meu local de trabalho e, para além do cansaço da viagem, tenho de ir trabalhar. Mas constacto que terei de vir cá muito em breve para ler-te pausadamente e com serenidade, tal como mereces.

Boa semana para ti, ser de luz querido.

Obrigada por tudo.
Namaste.

Serenos sorrisos

Sereia* disse...

Olá queira Angel,

ontem vim de viagem de fim-de-semana e passei aqui só para espreitar... mas n~eo tive tempo de ler.
Hoje, com mais tempo vim parar um pouco aqui no teu cantinho.
O perdão é das coisas mais dificies para mim. Este post foi direitinho ao meu coração. Tenho dificuldade em perdoar os outros e a mim mesma na mesma proporção. tenho um caminho muito longo pela frente, embora reconheça que tenho melhorado muito e já falhei muitos buracos do caminho, consegui seguir em frente e não cair lá dentro. Isso é maravilhoso.
É maravilhoso quando conseguimos sair das situações com ar puro cá dentro, com o corpo leve. Aos poucos tenho aprendido a perdoar... Mas sei que não é fácil.

Queria ainda agradecer a onda de luz que me deixaste. Foi mesmo uma onda maravilhosa de ler. Obrigada.

Quando digo que sou da terra e não do céu... está muito relacionado com este teu último post do perdão e dos erros que cometemos... Digo que sou da terra e não do céu, precisamente por ter essa consciência de que não sou perfeita, de que erro com frequência, de que sou humana (neste momento). Sei que sou muito mais do que isto mas, de facto, sei que o erro é humano. Nem sempre consigo ver o que devia ser óbvio, nem sempre consigo ler a entre-linhas. Porque sou da terra... nem sempre é fácil perdoar e perdoar-me.


E deixo uma sugestão de leitura mas do meu baú de Fevereiro :)

http://dasereia.blogspot.com/2008/02/sem-ttulo-ii.html

É um dos meus textos favoritos*

Deixo votos de uma semana linda*

Lucy disse...

Hoje sinto-me em perdão total...ateei a minha fogueira do Amor, ó irmã, Guerreira do Céu!

Num abraço...
Lucy

Xanda disse...

Perdoar...
Bem, não é fácil, eu posso dizer que já perdoei o que mtos se calhar não perdoariam e, até eu mesma não sei se perdoava certas coisas que em tempos já perdoei, pois a experiência de vida e o próprio sere humano com tempo altera.
Apesar de podermos perdoar e, até aceitar que alguém errou e que podiamos ter sido nós em vez dessa pessoa, acho que perdoar perdoua-se ms esquecer nem smp se esquece.

Bjnhs de muito doces c/ sabor a romá loool.

Thiago disse...

Maninha, obrigado por nos ensinares a abrir o coração, por mais dificil que seja o perdão, calculo que mais tarde ou mais cedo todos cedemos...o Amor é mais forte.

Convido-te a conhecer a história de A. :-)

Lyra disse...

No edifício do pensamento não se encontra nenhuma categoria na qual possamos pousar a cabeça. Em contrapartida, que belo travesseiro é o Caos!
Não achas?

Saber perdoar é um (dos teus muitos) dom!

Muitos beijinhos para ti e até breve.

;O)

moonlight song disse...

Olá querida Angel of Light :)
grande lição que é a do perdão!
E que grande paz sentirmos Amor no coração e compreender que as pessoas estão em planos de consciência diferentes... para além de que deixamos de estar ligados a outra pessoa por razões nefastas.
Para fazê-lo é preciso esmagar os egos. Perdoar no coração é fundamental para evoluir espiritualmente.
Beijinhos e saudades tuas!

Piratas e Espadachins disse...

Cara Amiga,

Regressámos! E estamos no Baleal...

Venha logo visitar-nos
Que nunca faremos mal
A quem venha procurar-nos
Nas traseiras do quintal...

Os Piratas

Patricia disse...

Preciospo texto, bella fotografía.

Dejo mis saludos y un fortísimo
abrazo a la distancia.

Marta Ribeiro disse...

Querida Angel,
Perdoar é das tarefas mais complexas para a mente humana e nem todos os humanos têm a capacidade de perdoar palavras, gestos...
Quem perdoa é digno de também ser perdoado...

bonito texto a que já nos habituas-te a ler...beijinho

kakauzinha disse...

Vim deixar-te um beijinho embrulhado em muito carinho, minha querida Angel, e desejar-te um resto de semana muito serena.

Também nunca é demais agradecer as tuas palavrinhas doces, por isso o meu Obrigada do fundo do coração*:)

Isabel José António disse...

Querida Amiga Angel,

O seu texto é tão importante que lhe deixo aqui este comentário em forma de poema:

PERDÃO

Dentro de nós sempre há
Espaço para todo o perdão
Quando a vida nos dá
Um desagravo no coração

É acto de imensa sabedoria
Esquecer e à frente passar
Sobem os níveis da alegria
Pois a vida é sempre a avançar

E a si mesmo se perdoar, é
Dádiva de todo Eu Superior
Elevando-se e saber ser até
Modelo do seu supremo amor

Um grande abraço e muitos parabéns

José António

Peregrina da Paz disse...

Namaste! Perdão... atitude divina difícil para o ser humano. Envolve o esquecermos a falha cometida... Muito obrigada por sua visita!

osátiro disse...

Totalmente de acordo!
Difícil reconhecer os erros e perdoar!
Só que tem a grandeza da humildade consegue perdoar!
Cumprimentos.

Pipinha disse...

"O perdão é uma estrada de mão dupla. Sempre que perdoamos alguém, estamos perdoando a nós mesmos. Se somos tolerantes com os outros, fica mais fácil aceitar os nossos próprios erros. A partir daí, sem culpa e amargura, conseguimos melhorar a nossa atitude diante da vida" (Paulo Coelho)

Minha querida e doce Angel,
Adorei este teu texto e tinhas razão, tocou-me no coração :)
Eu já carreguei mágoas dentro de mim muitos anos, mas cheguei a um ponto em que essas mágoas ficaram muito pesadas e tive que saber perdoar para continuar a minha vida, em paz comigo e com as pessoas que me magoaram. Hoje sinto que se não perdoasse e me livrasse dessas mágoas, me teria tornado uma pessoa revoltada e rancorosa, mas decidi tornar-me numa pessoa feliz e com muito amor no coração.
Sem culpa e sem amargura, conseguimos ver a vida de uma forma mais tranquila e positiva.
Tu és um ser de luz maravilhoso!! Transmites muita luz, muita paz, muito amor a todos os que por aqui passam e por todo o lado onde vais deixas uma luzinha muito carinhosa.
Gosto muito de ti pelo coração lindo que tens e por toda a beleza interior que projectas para fora e que cativa e encanta.
És lindaaaaaaaa!!!
Continuação de boa semana com muito carinho, paz e alegria.
Beijinhos e um abraço apertadinho.

kakauzinha disse...

Minha linda e luminosa Angel,

Li brigadeiros? Vou assaltar-te a cozinha, eheheh!

Beijinho no teu coração*:)

FM disse...

Beijos com Essências de Luz.

Sérgio Figueiredo disse...

E... um dia mais tarde, vai ser o teu melhor Amigo.

Ele aprendeu que te ensinou e tu aprendeste que o ensinaste.

Saber perdoar e reconhecer...

Beijo

Pedra Filosofal disse...

só podemos perdoar aos outros, quando sabemos perdoar-nos a nós próprios. Ensinas isso e muito bem neste texto fabuloso!

Um beijo

K.S... disse...

ola..! lindo texto:) fez-me pensar se as vezes tudo nao era + facil se eu consig perdoar + facilmente... tenh uma situação k me magoa quase diariamente, uma prima fez-me mal e n so a mim a algum tempo, continuo a falar c ela so o essencial mas so porque adoro os filhos dela, e no entanto n a consigo perdoar, e como ela tenho mais pessoas...
bj

Chama Violeta disse...

Olá amiga da Luz!!! Lindo teu texto, assim como o meu post,fala de um acto de transmutação interior intenso, mas libertador!
Não somente o perdão, mas qualquer sentimento que não vibra com nossa essência pura e verdadeira, deve ser transmutado,nem que leve-se algum tempo.Somos partículas do PAI/MÃE e assim sendo, somos seres DIVINOS!

Um grande beijo para ti, fica sempre na paz e na luz!

Pascoalita disse...

Não sou, nem quero ser tão nobre assim! Lembra-me aquela msg de jesus que manda dar a outra face ...

Obrigo-me a nunca nutrir sentimentos negativos por ninguém. Ódio, rancor, etc. são sentimentos que me recuso a sentir e tenho dificuldade em esquecer quem me magoa, sobretudo se for alguém que considero amigo. Enfim, sou só um ser humano eheheh

Um trexto extraordinariamente bem escrito. Gostei muito de ler

Paula disse...

Perdoar é de facto algo complicado e que nem todos estão dispostos a dar essa "oportunidade"... Mas quando somos nós a errar também esperamos o perdão... Vale a pena pensar antes de recusar o perdão, ou de virar as costas..
Gostei deste espacinho..
Também tenho o meu cantinho:
http://confissoesdeumaquasesenhora.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...