terça-feira, 1 de abril de 2008

A esperança de um mundo melhor está nas nossas mãos


No Domingo, de manhã, dei por falta do meu telemóvel. O Sábado tinha sido muito divertido, mas também cansativo, e, por isso, não me preocupei em ver por onde andava aquele aparelho que, de certa forma, nos tirou a privacidade, mas, sem o qual, já não passamos. Percorremos a casa inteira à procura do telemóvel e… nada. Fomos a todos os sítios onde tínhamos estado na véspera e… nada. Deixei contactos, pedi para me ligarem se alguém o encontrasse e… nada!

Se isto se passasse há uns bons aninhos atrás, eu teria ficado muito chateada porque tinha perdido todos os contactos, sms, fotografias, … além de um telemóvel que tinha sido bem caro! E ainda por cima é desbloqueado, nunca mais o vejo, pensaria decerto! Perguntar-me-ia porque é que isso me havia de ter acontecido, que agora não sabia o que ia fazer à minha vida, que não merecia isso, que agora tinha de ir gastar dinheiro a comprar outro telemóvel,… blá, blá, blá! Todos nós já dissemos e pensámos desta forma em situações semelhantes.

Mas não! A minha reacção, face ao que me estava a acontecer, foi de pura tranquilidade! Pensei logo que estava a ser “testada”! Está bem que fiquei triste porque gostava muito do meu telemóvel, mas… não podia fazer mais do que já tinha feito. E não me saía da cabeça a frase: “Tem calma, que te estão a testar”. Tentei manter o positivismo que me caracteriza presentemente (sim porque já fui bastante menos positiva, mas tenho evoluido ao longo dos anos) e pensei que tudo correria pelo melhor! E se o aparelho não aparecesse mais, seria porque tinha de ser assim!… Cá vem a frase com que estreei o meu blog: “Nada acontece por acaso!”. Tudo tem uma razão de ser.

À noite, recebo um telefonema de um familiar a dizer que sabia onde estava o telemóvel! Um rapaz ligou-lhe a dizer que tinha encontrado o aparelho. Como devem calcular, fiquei muito feliz. Saímos disparados de casa ao encontro desse rapaz.

O rapaz, um jovem com cerca de 18 anos, encontrou o meu telemóvel sem cartão, no Sábado à noite, caído no passeio de uma rua, e disse-me:

_ Encontrei o seu telemóvel e disse logo para os meus amigos que já tinha ganho o dia por ter achado uma ”máquina daquelas”!!! Ao sair da discoteca, fui assaltado, roubaram-me o dinheiro todo mas… não levaram o telemóvel! Tive cá uma sorte, meu!!! No dia seguinte pensei e… Minha senhora, senti que este telemóvel tinha de ser devolvido ao dono, não só pelo que já me tinha acontecido ao sair da discoteca, mas porque o dono estaria, com certeza, a precisar muito dele e em cuidados. Foi aí que, com o meu cartão, consegui aceder à lista de contactos e liguei. Esse telemóvel deve ter sido “bué” de caro!!! Imagino, meu!!!

Apesar de hoje ser dia das mentiras, as palavras que acabo de escrever são pura verdade. Acreditem! E, resolvi contar-vos este episódio, porque gostava de vos transmitir o seguinte:

Pelo meu comportamento, verifiquei, mais uma vez, que estou gradualmente a transformar-me, pois identifiquei logo a situação como sendo um teste, independentemente se o telemóvel aparecesse ou não. Apercebi-me que, há tempos atrás, não teria uma reacção calma e compreensiva ao passar por um episódio idêntico.

Se leram o texto até aqui, devem estar, certamente, a questionarem-se: “Teste?!? Teste a quê?”

Sim, esta situação foi um TESTE para mim. Um teste ao desapego pelas pequenas coisas materiais que nos rodeiam. O meu grau de consciência, perante certos acontecimentos da vida, é já bastante diferente. Mas não fui só eu a “testada”! Para o rapaz também foi um TESTE, porque teve a oportunidade de ter um comportamento baseado no Amor, uma atitude honesta e altruísta. E digo-vos mais. Tenho a certeza que "este rapaz" faz parte das minhas relações em vidas passadas (karma de grupo). E por isso, aqui digo:

_ Obrigada por me teres reconhecido, querida alma (querido irmão de luz) em corpo de rapaz!




A esperança de um mundo melhor
está nas nossas mãos,
porque o AMOR faz milagres.

33 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
não esperes
pela esperança,
,
vamos nós fazer o milagre,
de mãos fortes e fortes braços,
,
conchinhas
,
*

Pipinha disse...

Uau!! Que lindoooo!!! Amiga querida, adorei este teu post e adorei o miminho que deixaste no meu cantinho.
Obrigada pela luzinhas que me dás :), são muito boas!!!
Também eu tenho aprendido muita coisa ao longo dos anos e continuo a aprender... A vida é uma constante aprendizagem. E tenho aprendido muito com os outros também e isso é muito gratificante!!!
Obrigada!!!
Beijnhos

© efeneto disse...

Aprendemos com as lições da vida. Mudamos com essas mesmas lições. Parabéns por pensar assim e já agora parabéns ao rapaz. Com 18 anos e da maneira que está a juventude começa a ser um caso raro. Obrigado pela visita. beijo de amizade.

Esconderijo da Bandys disse...

Namastê.
Realmente nada pe por acaso...
Vim agradecer a visita, e dizer que adorei o que escreveu! Quando conseguimos nos desapegar das coisas materias estão crescendo rumo ao espiritual.
O amor deveria ser a mola mestra do mundo.
Beijos
liberdade

Pena disse...

Doce Amiga:
Foi com emoção e fascínio que li integralmente o seu belo Post.
Sim! Temos que acreditar com seriedade no mundo de amanhã.
Um mundo onde os sonhos se concretizam e consolidam no amor que possuimos em nós e compartilhamos com os outros.
Deu-nos uma prova, um exemplo, lindo e grandioso de compreensão, respeito e amor pelo seu semelhante.
A vida é vida, da forma como desceve de forma sensata e apaixonante. Um gesto enorme dum pensamento e sentimento imensos de ternura e encanto.
Parabéns sinceros.
Gostei muito de ler.
Bj amigos que respeitam e estimam

pena

Laura disse...

Só podia ser assim... Belo rapaz que trás com ele sentimentos do passado e devolveu o que não era dele...Quando comecei a ler, senti que no fim o telelé tinha aparecido..só podia.
Seria belo se todos fizessem isso, já foi pena o moço ter sido assaltado, ele devia-se questionar porque não levaram o telemovél!...claro que foi o que fez e pensou; se fosse comigo também gostaria de o receber...deste-lhe um miminho? hum...
Beijinhos e obrigada pelos mimos que me dás..laura..

Maria Clarinda disse...

Palavras...não tenho! O que dizer perante esta lição linda de aprendizagem, de amor no sentido pleno da palavra!
Como crescer, evoluir pode ser tão belo é só como aplicar a frase que
é o nome do teu blog "Keep your mind Wide open"!
Parabéns Angel, e, obrigada pelo teu belo post.
Jinhos mil

Umabel disse...

Mammy Angel,

sempre que cá venho saio mais iluminada (é vero!)... a tua mensagem é uma lição de vida... é bom ver casos destes, e falo tanto da tua parte como do rapaz em causa... e concordo plenamente contigo o amor irradia para todos os que nos rodeiam, faz milagres e dá-nos esperança e alegria interior para conquistar um mundo melhor.

Beijinhos de intenso carinho

BIA disse...

Como não existem coincidências...preciso de te contar que tb eu este fim de semana tive uma história no mínimo assustadora...
Depois de um jantarinho de arroz de bacalhau, muito bom e com calminha em casa...não saí, porque muito raramente tomo café...Fui colocar visadron para tratar o meu olhito drto, que estava congestionado e avermelhado com os pólens da Primavera...
Quando em vez de pegar tubinho certo, pego no que estava ao lado...ácido para queimar verrugas...A dor foi muito forte e ardeu muito, mas assustei-me mais quando olho o espelho e vejo espuma a sair do olho...e percebi o que acabava de acontecer...
Saí de casa a gritar, que ia ficar cega...E dizendo, Meu Deus Ajuda-me!!!
Mas ao mesmo tempo, dizia: Calma que isto é um teste...Estás a ser testada...E repeti-o até serenar...

Coincidência???

Sem me alongar mais, digo-te que fiquei com uma queimadura pouco grave no olho, tenho-o tapado, mas já já vai passar!

Abracinho profundo alma guerreira

BIA

BIA disse...

Ah, já agora, venho agradecer-te as luzinhas e a tua presença, sempre tão luminosa e querida!

Abracinho terno

BIA

Xanda disse...

Simplesmente, Fantastico!!!
Ainda há esperança num mundo melhor.
Beijinhos
Xanda

Gata Verde disse...

Haja esperança então!!

Thiago disse...

Que bonito maninha e que boa maneira de terminar o dia ao lê-lo!!! É bom saber que foste abençoada com este teste da Mãe Natureza.

Um beijo do teu maninho que te adora

kakauzinha disse...

Há tempos também perdi o meu telemóvel e não o recuperei. O que me doeu foi ter perdido todas as mensagens do meu amor, mensagens lindas das minhas filhas e dos meus amigos, do que era verdadeiramente importante.

Adorei o teu texto, focaste um tema muito importante para o nosso caminho de Luz, oxalá todos entendam que apenas estamos aqui de passagem, viemos sem nada de material... e sem nada vamos partir, mas a nossa alma tem de ir mais rica em amor.

Beijo azul*

Anónimo disse...

Mais uma vez ,foi abençoada no seu caminho de aprendizagem e evolução!Continue sempre assim, verá que todos à sua volta estão sempre mais felizes, mesmo os que mais de perto consigo lidam.
Parabéns.E, como não podia deixar de ser obrigado pelas luzinhas de luz.

kakauzinha disse...

Querida Angel, muito obrigada pelo carinho das tuas palavras. E tens razão, as mensagens ficaram gravadas no meu coração.

Sabes, o facto de dizeres que és "Mãe de três lindas crianças de um novo mundo" demonstra bem a tua passagem por aqui, como a entendes e como queres que perdure. E não há dúvida de que para um mundo melhor temos de educar as nossas crianças com os valores que hoje em dia parecem ter-se perdido. A minha parte está feita, tenho duas lindas filhas que seguem o caminho da Luz e agora a minha neta que está a aprender. Tudo é possível, desde que queiramos.

Beijinho grande e muito azul*

gaivota disse...

minha querida
agradeço a tua visita e, em primeiro lugar, dou-te os sinceros parabéns pelo teu coração de MÃE!, pelas palavras que transcreves na tua profissão
"Mãe de três lindas crianças..."
e não é preciso dizer mais nada...
o teu texto é fantástico, tenhos histórias parecidas... um dia destes conto uma delas também com telemóvel...
beijinhos

Um Momento disse...

E realmente "nada acontece por acaso"...
É uma boa sensação quando percebemos que mudamos para melhor e conseguimos despegar-nos a bens materiais pois eles por vezes fazem da nossa vida uma prisão constante...
Admiro a atitude do rapaz , pois hoje em dia...é tão raro...
E esses testes que falas...são-nos ofertados tantos... mas nem sempre nos apercebemos que estamos a ser testados...
Quanto á "alma gémea"...sorrio-te, pois também eu acredito n´elas...
Beijo sorrindo-te...muito!

(*)

Hanah disse...

Irmã da Luz,

adorei ler a história, acredito que quanto mais estivermos desapegados o melhor virá para nós...

obrigado por suas palavras e sua presença lá no blog...

dia de festa e luz para todos nós...

beijinhos...de luz e festa


Hanah

Esconderijo da Bandys disse...

Querida, fiquei feliz de saber das crianças.
Estou te linkando la no esconderijo,
beijos

Iana disse...

Ola boa noite minha linda!

Venho agradecer sua visita e suas palavras de apoio... mesmo sem me conhecer me deixou seu carinho, sentimento e ternura.

A vida as vezes nos prega peças na qual não esperamos, e na realidade nunca estamos preparados para ela.

Eu sempre fui uma pessoa forte, pois já passei por coisas piores na minha vida. Mas luto para ser cada dia melhor e feliz...

Eu nasci para ser feliz e dar felicidade aos que me rodeiam.
So que essa perda deixou-me triste e sem ar. Sinto que vou superar, vejo também a outra parte sofrendo e é por mim isso sei eu, só que a vida nos pregou uma peça alguém teve que perder na hora de escolher entre eu e a outro mundo.

Eu sai perdendo, partiu mesmo me amando, é pena, mas é a vida ela escolheu assim, somos dois apaixonados depois d e1 ano de casados teve que fazer uma escolha e a escolha não foi eu!

Beijos carinhosos de boa noite
Iana!!!

multiolhares disse...

Estou 100 por cento de acordo contigo
Nada acontece por acaso
Estamos nesta vida num aprendizado constante, e o desapego é algo de devemos moldar em nós, depois quantas vezes nos desgastamos com coisas que já não tem solução,, devemos de aceitar da vida o que ela nos dá de bom ou de mau, tentando entender porque assim aconteceu, a revolta não leva a nada
Como vida é um aprendizado, temos de ter humildade suficiente para aprender

beijinhos

OUTONO disse...

Primeiro agradecer a tua visita. E digo agradecer, porque o cuidado daquele post, foi colocado à prova.
Dois Bloggers, que não se conhecem, e levam por diante a criação de uma mensagem conjunta.
Aqui fica uma grande lição.
Segundo, pela, não direi lição, mas desenvolvimento de maturidade suprema que partilhaste. A mim, sucedeu-me praticamente o mesmo com a carta de condução.
E a vida é assim, constrói-se degrau a degrau, e nunca sem desistir, como dizes em outro post, neste Blog, de fundo preto, mas branco de esperança.
Voltarei. Beijo.

Tetê disse...

Nos dias de hoje, isso é fantástico! Muito difícil mesmo ver algo assim! Maravilhoso o seu blog! Te ofereço o meu award! Bjks Tetê

Serenidade disse...

Sem dúvida "A esperança de um mundo melhor está nas nossas mãos,
porque o AMOR faz milagres."
Li tua história até ao fim e é notório o grau de consciência face à vida, face aos acontcimentos que ocorrem, certamente atriste este acontecimento para isso mesmo, uma provação, verificar teu grau de desapego face aos objectos materiais, mas tb temos que ter desapego face às pessoas que nos rodeiam e a quem amamos, isto porque se ficarmos apegados e até dependentes dessas pessoas (que para o comum dos mortais é normal) o Universo poderá "tirar-nos" essas pessoas que tanto amamos.
Certamente vocês já se cruzaram antes, sem dúvida...

Adorei ler, espero que muitos dos teus leitores comecem a abrir a sua consciência face a tudo o que nos acontece, pois - NADA ACONTECE POR ACASO.

Serenos sorrisos

Lyra disse...

A arte de SER é a sabedoria ascética do despojamento e isso que nos liberta para a busca de "um mundo melhor".

Beijinhos e até breve

;O)

Iana disse...

Amiga linda..

FOI BOM TE CONHECER!
quando entrei para
o mundo virtual, jamais
pensei que poderia conhecer
pessoas como você, mas
felizmente foi nele que te
conheci, nele aprendi a
gostar, te admirar, te respeitar,
em fim, surgiu esta grande
amizade que mantemos
atualmente, sinto que você
tem alma, fala com o coração
e que tem Deus sempre presente.

muita gente critica
uma amizade virtual, mas
eu sei que mesmo virtualmente,
poderá haver uma amizade
pura e sincera, acho que se
todas as pessoas pensassem
positivamente, o nosso mundo
virtual seria bem mais confiante,
e todas as pessoas poderiam
ter uma amizade tão linda
quanto a nossa.

Foi muito bom te conhecer,
Hoje sou mais feliz, se você
Demora a me escrever, a
Saudade toma conta de mim,
E tudo parece uma eternidade.
nunca deixe de me
escrever, obrigado pela
nossa amizade.

Beijos
CARINHOSAMENTE
Iana!!!

ps: Hoje com o coração mais calmo venho aqui dar mais atenção a teu cantinho lindo... obrigada pelo apoio.

O Urso disse...

Abraço, também gostei muito de vos conhecer.

António

Lucy disse...

Fiquei emocionada com esta história. Sim senhora, devolve-nos a confiança nos nossos irmãos.

Mas já agora, conto uma história parecida, passada comigo:
Um dia, achei à porta do talho da minha rua, um molhinho de notas. O 1º pensamento foi de "coitadinho de quem perdeu! E se era a reforma de alguma velhinha!? E muitas dúvidas me assaltaram. Deixei então, o meu contacto no talho, caso alguém se queixasse. Passados uns dias, pára à minha porta um 'senhor mercedes', saindo dele um homem 'enormemente' gordo a reclamar o dinheiro. Lá lho entreguei... mas fiquei a pensar, na montanha de quilos de carne que o cavalheiro iria comprar. Mas pronto, se foi um teste... bem, o carma também era dele, eu bem lhe podia ter aliviado um pouco o aumento de peso... :)

Beijinhos para ti, doce Angel.
Lucy

Luis F disse...

Vim agradecer e retribuir a visita ao Mar de Sonhos.

Aproveitei e descobri a beleza do teu blog...

Um belo texto que nos convida à reflexão pessoal.

Parabéns...

Escuta no silêncio o som do mar, vai mais além nas asas dos sonhos.

cõllybry disse...

Ainda há bons coração,onde impera o respeito...raro nos dias de hoje
Lição de vida esta

Doce beijo

MoonLight disse...

Grande momento.
Manter a calma nestas situações e ter uma visão diferente da do medo é espantoso.
Ainda mais quando nos apercebemos de que a estamos a ter!
Bjs de Luz*

Anjo De Cor disse...

Obrigada por partilhares cmg este teu momento e realmente tens razão, eu tb já verifiquei que antigamente tinha atitudes mais impulsivas e más que ultimamente tenho encarado com mais calma ...
Mas ainda tenho que "comer muito arroz", hehehehehe ;)
Bjs amiga ;)
Sónia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...